Atendimento: (11) 3657.6135 / (11) 96750.2684 oi / (11) 95649.0384 vivo
twitter instagram

Artigos / O comportamento do Bull Terrier

O comportamento do Bull Terrier

O comportamento do Bull Terrier

Cão brincalhão e bruto por natureza, o Bull Terrier é considerado uma raça de beleza exótica de porte físico elegante e ao mesmo tempo extremamente musculoso, qualidades que atraem muitos admiradores da raça pelo mundo!

HISTÓRIA DA RAÇA

O Bull Terrier inglês é uma raça cuja história está atrelada aos combates de cães na Inglaterra. No século XIX os antigos Buldogues utilizados em combates contra touros(prática chamada Bull-baiting). Uma vez implementada a lei que proibia as lutas de animais em 1835, iniciaram-se, clandestinamente, as lutas apenas entre cães. Como os buldogues mordiam e sufocavam até o término do combate mas careciam de rapidez e agilidade, os mais aficionados por este "esporte" começaram a cruzá-los com cães mais ágeis e valentes, os terriersingleses (English white terrier, Manchester Terrier), caçadores de lobos e raposas. Sob o nome de Bull-and-Terrier, surgiram os primeiros exemplares do que viria a ser quatro novas raças(Staffbull, Pitbull, Irish Staffie), dentre elas o Bull terrier inglês. Na década de 1860 o criador James Hinks, cruzou o bull-and-terrier com Dálmata e English White Terrier, aumentando a porcentagem deste terrier procurando estabelecer a cor branca, e apresentou o resultado em uma exposição canina, conquistando admiradores. Posteriormente, Hinks passou a introduzir o Whippet e o Pointer Espanhol, para agregar elegância, e o Collie e o Borzoi para modificar a cabeça. Logo o novo cão produzido e chamado de Bull terrier inglês popularizou-se por sua aparência chamativa, com a característica cabeça oval com olhos triangulares. E servia de companhia dos ingleses de classe média, até o salão dos nobres. A raça foi registrada pela primeira vez em 1887 pelo Bull Terrier Club. 

CARACTERÍSTICAS E COMPORTAMENTO

A caracteristica mais marcante dessa raça é o formato de sua cabeça, esse cão não tem stop marcado como outras raças de cães, e seus olhos são pequenos e levemente puxados, o que é considerado um charme, mas pode limitar o campo de visão do cão, o que explica o fato dele esbarrar constantemente em móveis, paredes e pessoas!

O padrão comportamental do Bull Terrier é corajoso, cheio de energia e com atitude amável e divertida, temperamento equilibrado, amigável com as pessoas e mais territorialista com outros cães, deve ser socializado e adestrado desde cedo, pois a raça é consideravelmente teimosa, tem personalidade forte e não gosta de obedecer ordens constantemente, o adestramento é muito importante para essa raça, pois tem um alto nível de energia, e necessita de atividades fisicas e mentais diariamente para se manter equilibrado e mais controlado, não é muito indicado para pessoas que nunca tiveram um cão, pessoas mais sedentárias que não tem tempo ou disposição para longas caminhadas, e nem para ambientes muito pequenos caso a pessoa não possa sair no minimo duas vezes por dia.

O poder de destruição do Bull Terrier é muito alto, suas mandibulas são muito fortes, seu corpo musculoso aliado com sua teimosia natural, pode ser altamente destrutivo em sua casa caso ele seja negligenciado na sua criação e educação, por isso pense bem em tudo o que a raça exige e se realmente está preparado para criar um exemplar com plena saúde física e mental !

Em contrapartida, a raça tende a ser muito divertida, muito amorosa, adora crianças e são bem tolerantes com brincadeiras brutas, mas o convívio deve ser supervisionado de perto por causa da brutalidade do bull ao brincar, facilmente derruba uma criança ao esbarrar nela.

É um cão muito usado para guarda do território, função que exerce muito bem pela sua territorialidade natural.

Com outros animais o bull deve ser acostumado desde cedo, e o convivio deve ser supervisionado principalmente na adolescencia pela brutalidade da raça!

AONDE COMPRAR?

Evite adquirir a raça de pet shops e criadores sem experiência e conhecimento, a falta de controle na criação, gera cães fora do padrão, com desvios comportamentais como agressividade e medo excessivo, e problemas graves de saúde, como surdez, sarna demodécica que não tem cura e é passado de mãe pra filhote, displazia entre outros problemas, seja consciente e procure um canil especializado na raça, peça laudos de saúde dos pais, conheça os cães do canil, conheça o temperamento dos pais e avós no convivio e conversa com os criadores e veja os cuidados com higiene do local, pode custar mais caro na hora da compra, mas com certeza sairá mais barato ter um cão saudavel , economizar na hora da compra, pode trazer graves prejuizos no veterinario depois com medicamentos e cirurgia carissimos, e o risco de lidar com um cão com desvio comportamental agressivo que pode ferir gravemente uma pessoa.

Assista um vídeo sobre o Bull Terrier no nosso canal AQUI!