Atendimento: (11) 3657.6135 / (11) 96750.2684 oi / (11) 95649.0384 vivo
twitter instagram

Artigos

O comportamento do Border Collie

O comportamento do Border Collie

O Border Collie é o cão queridinho dos adestradores e donos de gado ou rebanhos de ovelhas, isso porque o Border além de lindo, é um cão de trabalho excepcional, criado para pastorear ovelhas na grã-bretanha, é extremamente veloz, tem resistência para: correr e trabalhar por horas, guiar um rebanho com cerca de 200 animais (substituindo cerca de 3 a 4 pessoas na lida), fazer agility, aprender comandos e truques rapidamente, etc...  é um cão focado que faz da sua felicidade o trabalho, e por isso, não é indicado para cão de companhia!

POR QUE NÃO É INDICADO PARA CÃO DE COMPANHIA?

O Border precisa de muita atividade fisica e mental, está no sangue, criar um border no quintal de uma familia atual que trabalha o dia todo e não tem tempo para se dedicar a ele, é uma tortura para essa raça que nesse caso promete dar muito trabalho para seus donos, vai desenvolver problemas comportamentais graves, como hiperatividade, ansiedade constante, destruição, agressividade contra pessoas ou outros cães, depressão, etc..

MAS AINDA É POSSÍVEL!

Para manter um border collie em casa com um comportamento e mente saudaveis, é necessário você dispor de tempo suficiente diariamente para gastar a sua energia, para dar desafios, coloca-lo em treinamento com adestrador para aprender truques novos, deixa-lo em creches para socializar e brincar durante o dia, fazer esportes caninos com ele como: Agility, pastoreiro, frisbee, fly ball, freestyle (dança com cães).

Também não deixe de leva-lo em parques para correr solto, jogar bolinhas, permitir que ele nade em lagos, correr com ele, andar de bicicleta com ele te acompanhando, brincar com outros cães!

Se você puder manter essa rotina com o seu Border Collie, é totalmente possivel ter um cão saudavel e feliz dessa raça ao seu lado!

Mas se você não fizer isso, não o culpe se ele te der muito trabalho! E lembre-se, se você tem um, e não fez isso até agora, sempre da tempo de melhorar! Comece a dar mais atenção pra ele, e você verá seu border muito mais feliz!

COM A FAMÍLIA

O Border se apega a todos da família, costuma ser muito dócil com pessoas, outros animais e com crianças, porém, é muito provavel que seu border tente “pastorear” naturalmente os outros, se você ver se o border está rodeando as crianças ou animais com uma postura agachada com as orelha em pé, não se assuste, é seu instinto natural de pastoreio, mas, pode assustar se ele tentar se aproximar, ou até dar umas mordidinhas nos calcanhares de cães e crianças, fique atento a isso!

EINSTEIN DOS CÃES

Um das caracteristicas mais conhecidas do border é sua impressionante inteligência! Realmente, ele aprende as coisas rapidamente com perfeição, há uma notícia no estadão* que eles podem aprender nomes de mais de mil objetos!

Essa inteligência pode facilitar as coisas entre cão e dono, mas tambem pode piorar muito, o border pode aprender a utilizá-la a seu favor e gerar muita dor de cabeça para os donos, não se iluda, um cão muito inteligênte é muito mais difícil de lidar!

PELAGEM

O border pode ter inúmeras cores, as mais conhecidas são: preto e branco, marrom e branco, red merle, blue merle e tricolor, a sua pelagem pode ser mais curta ou mais comprida, necessitando de escovações semanais para evitar nós, não é necessario banhos constantes, somente quando necessário!

SAÚDE

Já sobre a saude do border, a espectativa de vidade é de 10 a 16 anos, e ele tem predisposição a ter displasia coxofemural, problemas oculares e alterações neurológias, leve seu border de 1 a duas vezes por ano para fazer um check up no veterinario para prevenir e detectar qualquer problema com antecedência!

AONDE COMPRAR?

Se você quiser adiquirir um border collie, procure-o em canis especializados e registrados, adquira o filhote com pedigree e peça laudos de saúde dos pais, passe um tempo com os cães e converse com os donos do canil, tire duvidas e já reserve sua rotina para os treinos do border!

Nunca adquira filhotes de feirinhas e pet shops que não é permitido conhecer o canil, nem de criação de pessoas que não conhecem a raça, evite financiar o mercado negro de pets que são fábricas crueis de filhotes e criação de pessoas bem intencionadas, mas que não têm conhecimento para evitar desvios de comportamentos e doenças, apenas cruzam visando a estética, sendo criações fundo de quintal, assim vc evita cães com desvios comportamentais gravíssimos como medo e agressividade além de evitar doenças hereditárias!

Evite pegar filhotes com menos de 60 dias, esse é o tempo mínimo que eles precisam ficar com sua família canina para aprenderem uma base importante com a mãe e os irmão, como controle nas mordidas por exemplo!

Assista nosso video sobre esse assunto AQUI! 

Escrito por Cão em Foco Educação Canina

*Fonte Estadão

Comentar
O comportamento do Dogo Argentino

O comportamento do Dogo Argentino

UMA NOVA RAÇA PARA CAÇA!

O Dogo Argentino é uma raça relativamente nova, originária da Argentina, foi reconhecida pela federação cinologica internacional em 1973, foi desenvolvido exclusivamente para caçar e brigar com grandes animais como javalis e pumas, função que graças ao seu desenvolvimento exerce até hoje com perfeição, fazendo com que ele tenha duas linhagens iguais em estrutura mas, uma criada e educada para caçar, outra para companhia e exposição! Ele é um cão que caça silenciosamente, tem velocidade, força, faro excelente, e  uma tendência instintiva a morder a vítima pela cabeça! Fez tanto sucesso na época que logo se popularizou por toda a Argentina!

Uma de suas qualidades, é que ele é um cão muito versatil, utilizado para caçar, companhia, cão de guarda e patrulha na policia e até guia de cegos na Argentina!

QUALQUER UM PODE TER?

Essa raça exige bastante conhecimento e dedicação dos donos, não é recomendada para pessoas que nunca tiveram um cão, ou que não tem tempo suficiente para ele, tem um temperamento forte, muita energia e determinação, costuma ser  territorialista e nem sempre se da bem com machos no mesmo espaço,  não é recomendado mantê-lo  em ambientes pequenos, ele ama e precisa correr livremente sempre para manter mente e corpo equilibrados, isso significa que simples passeios caminhando na rua podem não ser suficientes para ele! 

Antes de adquirir um Dogo, pesquise muito, frequênte um canil por um tempo, converse bastante com pessoas que têm exemplares, e se planeje para uma rotina agitada ao lado do seu campeão!

SUPER ADESTRÁVEL?

O Dogo é muito inteligente e pode sim ser adestrado, alias, na verdade, se tratando de um cão forte, pesado cheio de energia e teimoso como ele, o adestramento é uma necessidade para o bom convívio, ele necessita de controle e socialização desde cedo, porém, ele não corresponde bem ao adestramento duro e cheio de correções e exigências, o Dogo embora tenha toda essa personalidade e cara de mau, é extremamente sensível e confiado, sendo muito mais fácil conseguir algo dele utilizando prêmios e respeito do que tentar subjulgá-lo à força.

CÃO GUARDIÃO?

Na guarda o dogo também se destaca, naturalmente ele já é reservado com estranhos (o que não significa ser agressivo com qualquer um, pelo contrário, no padrão da raça nunca foi desejado agressividade contra humanos), é importante treina-lo com um profissional experiente para essa função, que saiba o limite de um cão protetor e um cão descontrolado, a intenção nunca deve ser transformar o Dogo em um perigo para qualquer ser humano, e sim em um cão que tenha auto controle e saiba quando agir! 

Sem adestrar é um cão que normalmente reagirá com latidos e hostilidade à qualquer aproximação estranha sem seu dono, seu tamanho e aparência que lembra um Pit Bull assusta qualquer invasor que pensará duas vezes antes de se arriscar, porém sem adestramento não é garantido que o cão ataque naturalmente o invasor e saiba o que fazer caso algo do tipo aconteça!

CÃO COMPANHEIRO?

Com a familia o dogo além de protetor, é um otimo companheiro, carinhoso e brincalhão, inclusive com as crianças, é um cão que tolera bem as brincadeiras dos pequenos, porém, os pais sempre tem que educar seus filhos sobre a maneira correta de lidar com o cão, e nunca deixar crianças pequenas com cães do porte do Dogo sozinhas.

SAÚDE DO DOGO

O Dogo pode ter surdez congênita, que pode ser identificada com um teste de audição, também pode ter displasia coxo femural hereditária ou adquirida por escorregões em piso liso e também por obesidade, um cuidado maior se deve ter com a exposição excessiva ao sol forte, como sua pelagem e sua pele são brancas, essa exposição pode dar queimaduras e dermatites na pele, para evitar esse problema, verifique com o veterinário sobre a possibilidade do uso de protetor solar para cães!

AONDE COMPRAR?

Não se esqueçam nunca que para adquirir um exemplar dessa raça você precisa conhecer o canil pessoalmente, saber qual a intenção da criação (caça ou companhia), pedir laudos de saúde dos pais e filhotes, e conhecer os cães do canil, ter um tempo de convívio para ter certeza que a raça combina com você e sua familia, e que não está comprando um filhote de fábrica de filhotes e criação fundo de quintal, que pode ter graves doenças e desvios de temperamento gravíssimos como medo excessivo e agressividade!

Não pegue filhotes antes dos 60 dias!

Assista nosso video sobre esse assunto AQUI! 

Escrito por Cão em Foco Educação Canina

Comentar
O comportamento do Vira Lara - SRD

O comportamento do Vira Lara - SRD

O vira lata, também conhecido como SRD que significa sem raça definida, é um dos mais amados e mais ignorados da nossa sociedade, ao mesmo tempo que muitas campanhas de adoção são feitas, as ongs estão saturadas de animais inclusive de diversas raças, todos abandonados!

Embora não é possivel prever o temperamento e o tamanho dos vira latas, quero ressaltar que eles tambem são incriveis, inteligentÍssimos, carinhosos, brincalhões, e muito mais resistentes a doenças do que os cães de raça, eles tem aparencia física única e exclusiva, alem disso custam em toda sua vida muito mais barato do que os cães de raça, geralmente eles já são doados castrados, vacinados e vermifugados, tanto os gatos como os cães! 

POPULAÇÃO

Segundo a agencia de noticias de direitos animais ANDA hoje no Brasil temos mais de 30 MILHOES de animais abandonados.... cerca de 20 milhoes de cães e 10 milhoes de gatos sem lar, em situações precarias em ongs, e passando fome e frio na rua, sendo maltratados e podendo espalhar parasitas e doenças transmissiveis aos homens conhecidas como zoonoses, em breve faremos um video sobre elas!

Essa situação é bem preocupante, pois mesmo com as gigantescas campanhas de castração a população de animais abandonados não diminui! Nós queremos com esse video abrir o seu coração e  incentivar a adoção de um ou mais animais carentes! 

Portanto, antes de cruzar seu cão, sendo de raça ou não, pense nessa quantidade absurda de cachorros no Brasil, e quantos cães estão sem lar, deixe as cruzas para os canis e castre seus animais afim de ajudar  a controlar a quantidade de cães e gatos!

O QUE ESPERAR DOS VIRA LATAS?

O convivio com a família costuma ser muito agradável com o vira lata, eles costumam ter uma especie de gratidão quando são adotados, amam seus donos alucinadamente, costumam ser muito carentes e brincalhões, mas é muito frequente encontrar vira latas mais medrosos devido a traumas anteriores, também é possivel que ele tente proteger a sua comida rosnando para aproximações, ora, tente entender, é provavel que esse cão aprendeu a defender sua comida de outros se viveu na rua ou em canil de ongs, não encare isso como ingratidão, ou maldade do cão, ele só luta instintivamente pela sua sobrevivencia, assim como qualquer ser vivo lutaria se tivesse que lutar contra a fome na vida, seja compreensivo e cuidado com as crianças na hora da comida! Não bata no seu cão, não seja injusto, procure ajuda profissional!

É POSSÍVEL ADESTRAR UM VIRA LATA?

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, o vira lata no geral é muito inteligente e aprende muito rápido em qualquer idade, qualquer problema de comportamento como esse da proteção da comida, brincadeiras, pulos, passeios problemáticos, necessidades no lugar errado podem ser resolvido com o adestramento de correção de comportamentos, inclusive se você quiser pode ensinar vários truques para eles, não subestime o vira lata só porque não tem raça!

SÃO BONS DE GUARDA?

Alguns vira latas de grande porte podem desenvolver uma defesa territorial muito boa, podendo ajudar na segurança da casa, e se a intenção for reforçar essa proteção, contratar um adestrador pode deixar seu cão tão bom quanto qualquer cão de raça de guarda!

Os cães menores são ótimos alarmes e defendem seu território avisando que algo errado está acontecendo!

MELHOR ADOTAR FILHOTES OU ADULTOS?

A maior dúvida dos donos quando pensam em adotar um filhote, é quanto ao tamanho que ele ficará quando adulto, a melhor forma de "ter uma ideia" é olhando as patas, se pequeninas, o cão será pequeno e pode chegar a um porte médio, se maiores e desproporcionais, ficará do porte médio a grande!

A desvantagem é nunca ter certeza de como o filhote ficará quando adulto, nem fisicamente e nem no comportamento, se você tiver receio, vale a pena adotar um cão adulto, ele se apega da mesma forma que o filhote, e você pode passar um tempo para se adaptar e veja como eles são amorosos e mais comportados do que os filhotes, assim você adotará um cão que já tem comportamento maduro, que você já consegue avaliar se combina com sua familia, já saberá o tamanho e evitará toda a dor de cabeça que o filhote da!

Cães idosos também podem ser ótimos companheiros, muito mais calmos, são indicados para pessoas com menos tempo, menos energia, eles também merecem receber amor e um lar! Pense nisso!

E A SAÚDE?

A saude dos vira latas costuma ser muito boa, são extremamente resistentes a doenças, muitos filhotes nascem nas ruas e não adoecem mesmo sendo expostos a inúmeros agentes patologicos, porém devem ser vacinados normalmente como qualquer outro cão, prevenir é sempre melhor do que remediar! 

Deve ser ministrados vermifugos nas datas que o veterinário definir, tomar cuidado com pisos escorregadios pois qualquer cão que vive escorregando pode desenvolver displasia coxofemural!

DEVO CASTRAR MEU CACHORRO?

Essa é uma decisão de amor e consciência, a castração não só evita crias desnecessárias como costuma melhorar o comportamento (quando o cão é castrado filhote), diminui marcação de território, previne uma série de doenças nos cães mais velhos, como piometra em fêmeas, doenças em machos, e evita o sofrimento do ciu, tanto na reação dos machos como na reação das fêmeas!

Temos um video sobre esse assunto, assista AQUI! 

Escrito por Cão em Foco Educação Canina!

 

Comentar
O comportamento do Bernese Montain Dog

O comportamento do Bernese Montain Dog

Essa é uma das raças que arranca suspiros de tão linda e impressionante! O Bernese Montain dog, também conhecido como Cão de Bernese ou Boiadeiro Bernes é simplesmente magnifico, originário da Suiça, ele não é só beleza, é um verdadeiro cão de trabalho muito eficiente!

CÃO DE TRABALHO

Ele foi criado como cão pastor, aonde cuidava e protegia não só o rebanho como a propriedade dos fazendeiros, com o tempo ele se tornou um cão de tração, aonde ajudava-os  a transportarem  carroças de leite para as queijarias. Ele é uma das 4 variações de cães montanheses suiços, e são eles: Great Swiss Mountain Dog , Appenzell SennenhundEntlebuch Cattle Dog

COMPANHEIRO GIGANTE

Hoje, ele é um otimo cão de companhia, tipo cão sombra, está sempre junto com a familia, com as crianças ele é calmo, gentil e aguenta as brincadeiras, mas nunca deixe uma criança pequena sozinha com um bernese, é um cão muito grande e forte, qualquer esbarradinha boba pode derrubar as crianças mais novas!

O bernese como cão de guarda não é excepcional, ele tem como padrão ser muito dócil, mesmo quando reservado com estranhos, dificilmente chega a morder, porém, sua presença impõe respeito pelo seu porte, e ele pode sim ser um ótimo cão alarme latindo para qualquer movimentação estranha na casa!

Não é uma boa ideia ter um bernese em apartamento, eles precisam de bastante espaço e exercicios, por serem cães de trabalho, sofrem muito quando ficam sem atividades, podendo desenvolver destruição de objetos por tédio e outros problemas comportamentais! Ele precisa de passeios diarios, e, você pode tornar os passeios mais interessantes para o bernese utilizando uma mochila para cães dando um “trabalho” para ele!

O Bernese costuma ser muito tranquilo em relação a pessoas estranhas, não costuma fazer festa mas raramente é hostil, e com outros animais mantem o mesmo comportamento tranquilo se acostumado desde filhote!

CUIDADOS COM A PELAGEM

A pelagem linda e diferente do Bernese requer escovações constantes para ajudar na troca de pelo, evitar nós e mantê-la limpa por mais tempo!

ADESTRAMENTO

 Não recomendamos não adestrar um bernese, ele é muito inteligente e aprende rápido, pense que controlar um cão desse porte na guia a base do muque pode trazer consequências dolorosas para o condutor.

Sem contar que ensinar truques novos ajuda o cão a se manter equilibrado e mantém o cérebro sempre em atividade e aprendizado! Além disso, os filhotes da raça costumam ser bem arteiros e precisam de educação e muita paciencia, o primeiro ano de vida do Bernese costuma dar trabalho para os donos!

SAÚDE

Como todo cão de grande porte, os riscos são: Displasia coxofemural e do cotovelo que pode ser hereditária ou ambiental por escorregoes em piso liso por exemplo e torção gastrica, cuidado com altas temperaturas, essa raça sofre muito no calor podendo ter sintomas de insolação facilmente!

COMO COMPRAR?

-Procure um canil registrado

-Conheça o canil, os cães e os criadores pessoalmente!

-Converse com os criadores para tirar duvidas e ter certeza que essa raça combina com sua família

-Peça laudos de saude comprovando a inexistência de doenças hereditárias nos pais dos filhotes

Agindo assim você evita doenças, desvios comportamentais como medo excessivo e agressividade, e não financia o mercado negro de filhotes, que são criadores fundo de quintal, ou fabrica de filhotes que não se importam com a saude fisica e mental dos cães, nem com o conhecimento minimo para se criar um cão, apenas querem seu dinheiro! 

Comprar um cão de raça não é uma tarefa simples e fácil! 

NÃO COMPRE EM:

-Pet shops e feirinhas que não é permitido conhecer o canil de origem

-Sites da internet

-Pessoas que não tem conhecimento e nem registro para atuar como canil

Escrito por Cão em Foco Educação Canina

Assista o nosso video sobre essa raça AQUI !

Comentar
O comportamento do Yorkshire - Guia de raças

O comportamento do Yorkshire - Guia de raças

Quem ai não conhece essa raça lindinha e acelerada? O Yorkshire tem fama, e muita gente gosta, por sua facilidade de adaptação em apartamentos e casas pequenas e sua aparencia graciosa, vamos conhecer melhor essa raça tão querida!

CÃO DE COMPANHIA

 O yorkshire é um dos cães mais procurados pelas famílias por ser lindinho, pequeno e ótimo companheiro, ele é do tipo que não desgruda um minuto dos seus donos, e sofre quando fica sozinho, podendo desenvolver ansiedade de separação, se você puder ter dois cães para brincarem juntos enquanto estão sós, pro york seria ótimo.

COMO MANTER A PELAGEM?

Ele é dono que uma pelagem maravilhosa, que pode chegar e até ultrapassar o chão, mas exige muitos cuidados especiais, como escovação diaria para evitar nós,  banhos semanais e hidratação mensal caso o dono queira manter seus pelos compridos! 

Porém, para um cachorrinho de família, que passeia, e brinca a vontade, não é muito fácil manter aquela pelagem longa sem nós, e os nós aumentam a umidade da pele e pode dar dermatites, então muitas famílias preferem manter o York com tosa filhote, que ainda assim o deixa lindo e fofinho, com cara e eterno filhote e é mais fácil de manter! 

CÃO TERRIVEL?

Porém, apesar dessa carinha linda, o yorkshire pertence ao grupo dos terriers, que têm como características serem muito persistentes, decididos, inquietos e enérgicos, cães das raças pit bull e bull terrier são desse mesmo grupo!

Então ao se decidir por um yorkshire tenha em mente que eles não são cães bibelos, dificilmente gostam de colo, eram utilizado como caçadores de ratos, são mais dominadores, têm temperamento firme e muita energia pra gastar, precisam brincar bastante e de disciplina, passeios diarios e serem acostumados com outros cães e pessoas desde novinho, costumam latir muito para qualquer coisa diferente, como uma visita por exemplo!

Já treinei alguns exemplares que tinham medo de caminhar na rua e pediam colo o tempo todo, isso não é natural e nem saudavel, evite criar o seu york assim, eles são cães que adoram explorar novos ambientes, gostam de correr e brincar, são extremamente companheiros, engraçadinhos, mas nunca devem ser confundidos com bichinho de pelucia, permita que desde novinho ele tenha experiencias diversas pois isso só fará bem a ele!

BOA COMPANHIA PARA CRIANÇAS?

Com crianças o yorkshire pode ser uma otima companhia, desde que a criança saiba respeitar os limites de um cão pequeno e sensivel, crianças que são mais brutas ao brincar poderão machucar gravemente o york e perder a confiança do cão, ele passará a evita-las, podendo rosnar e até morder para se defender se elas não derem espaço para eles.

E O ADESTRAMENTO?

O adestramento ajuda o yorkshire a se manter equilibrado, aprendendo comandos novos e sendo exposto a novos desafios, embora no rancking de obediencia canina ele ocupe a 27ª posição, isso não significa que não sejam inteligentes, pelo contrario, são muito inteligentes, tão inteligentes que podem aprender a driblar os donos facilmente sabendo seus pontos fracos e saber se o dono tem ou não controle.

SAÚDE

Sobre a saude, Yorkshires muitas vezes têm um delicado sistema digestivo, com vômitos ou diarreia resultantes do consumo de alimentos fora de uma dieta regular, tbm pode ter problemas na dentição e mau halito, sendo indicado escovações diarias dos dentinhos, é muito frequente nessa raça desvio da patela.

MINI, ANÃO OU ZERO?

os exemplares mini, anão e zero, sofrem muito mais com doenças e problemas de desenvolvimento, cuidado, procurem evitar esses cães, pois não são reconhecidos no orgão regulamentador cbkc, o tamanho do yorkshire é um só, cerca de 23 cm de altura!

COMO COMPRAR CORRETAMENTE?

Desvios de comportamento podem ser resultado de uma má criação ou de genética, resultado de uma criação indevida de familias que não tem conhecimento suficiente para criar cães e mesmo assim criam pensando apenas no dinheiro, cuidado ao comprar seu filhote, não compre de pet shops que você não possa conhecer o canil e os pais, nem de sites da internet, não compre cães sem registro, o pedigree não é só um luxo, ele comprova a pureza da raça, saúde e comportamento padrão, cães sem registro correm riscos maiores de doenças e problemas comportamentais como medo excessivo e agressividade! 

Nunca financie o mercado negro de filhotes! 

Artigo escrito por Cão em Foco Educação Canina

Assista nosso video sobre essa raça AQUI!

Comentar
A história do gato preto e o Halloween

A história do gato preto e o Halloween

Porque será que os gatos são associados como um  dos maiores simbolos do famoso Halloween (dia das bruxas)? Vamos tentar entender esse histórico do gato e a espiritualidade negativa!

COMEÇOU NO EGITO

Os gatos foram associados com o misticismo há cerca de 4 A 5 mil anos atras no Egito, idolatrados, eram a representação viva da deusa Bastet, eles eram tão adorados, que foram encontrados cerca de 300 mil gatos mumificados enterrados em lugar de honra ao lado de mumias de faraós!

EUROPA MEDIEVAL

Porém o tempo passou e com a queda do Império Romano, a Europa medieval foi dominada por uma Igreja Católica carregada de superstições. E como os gatos já eram associados a epiritualidade pagã, entramos num verdadeiro caos:  Naquela época, todos que fossem contrários à doutrina cristã eram bruxos, e toda bruxa possuía um gato e eles foram brutalmente perseguidos junto com as supostas bruxas, pois os associavam com as magias e feitiçarias realizadas pelas bruxas (Acreditava-se que as bruxas podiam transferir seus espíritos para os gatos pretos).

Nessa época também Surgiu um culto a uma deusa pagã – Freya – envolvendo gatos. Esse culto foi considerado heresia e membros desta seita eram punidos severamente com torturas e morte. Como os gatos faziam parte do culto,novamente foram acusados de serem demoníacos, principalmente os de cor preta, e qualquer pessoa que ajudasse um gato, principalmente os dessa cor, podia ser acusada de bruxaria e ser condenada!

E então no século XV os gatos pretos foram inclusos na lista de seres hereges perseguidos pela Inquisição, e isso complicou muito a situação deles, se tornou no maior massacre de gatos da história, inclusive rendeu um livro chamado “o massacre de gatos” da editora Paz e terra escrito por Robert Darnton

Mas em contrapartida, nessa onda de perseguição, também haviam pessoas que respeitavam e temiam muito os gatos, achavam que se os maltratassem, sofreriam vingança do diabo!

E um fato interessante a ser comentado, a peste negra só teve as proporções que teve europeia porque os gatos nessa época foram mortos, não havia predadores naturais para os ratos que se proliferaram em grandes proporções espalhando essa doença horrivel que matou cerca de um terço da população.

 

E foi essa onda de perseguição que o gato preto começou a simbolizar o azar, o demônio, mau augúrio e, inúmeras vezes, foi considerado a personificação do demônio associado às magias e bruxarias, uma vez que eram animais de estimação das bruxas, considerados prendas do Diabo, e seu hábito noturno, foi associado as trevas, escuridão, criaturas da noite, e até hoje em algumas culturas essa imagem negativa é preservada!

Históricamente ele herdou essas associações com a bruxaria e ainda hoje é um dos principais simbolos do halloween ainda que por brincadeira!

GATOS PRETOS DÃO AZAR?

Apesar de toda essa matança, eles não foram extintos para nossa alegria, hoje eles são muito amados e protegidos por muitas pessoas, e essa mentalidade evoluiu e melhorou bastante!

Os gatos pretos são lindos, carinhosos, amáveis e brincalhões como qualquer outro bichano e merecem amor como qualquer outro, além de dar muita sorte aos seus donos pela quantidade de sorrisos que trazem com sua presença! Sua aparencia é elegante e enigmática, costumalmente possuem olhos caramelizados maravilhosos e o pelo denso! 

E hoje existe até uma raça de gato todo preto chamada de Bombaim !

 

Fontes: Diversas e o massacre de gatos (videos)

Escrito por Cão em Foco Educação Canina 

Assista nosso video sobre o tema AQUI! 

 

 

Comentar
O comportamento do Labrador Retriever

O comportamento do Labrador Retriever

Será que o Labrador é realmente parecido com o Marley do filme? E com aqueles cães calminhos das novelas?

LABRADOR "RETRIEVER"? 

Retriever significa"rastreador" ou o que "recupera", já que eles inicialmente eram utilizados para buscar a caça, principalmente aves aquáticas no século XVIII .

ESTRUTURA

O Labrador é um cão de grande porte, de estrutura forte e musculoso, uma curiosidade é que ele tem pelos grossos e curtos impermeáveis, cauda grossa e longa e membrana entre os dedos das patas, caracteristicas de um cão criado para nadar!

Então, não estranhe quando seu labrador cavar o pote de água para se refrescar, eles fazem isso porque sentem falta de água e sofrem muito no calor, brigar com eles por isso é até maldade, não brigue, coloque o pote no alto para dificultar essa atitude e se possível, supra essa necessidade disponibilizando uma piscininha pra ele brincar ou levando em parques para que ele nade e se refresque!

UTILIZAÇÃO

Atualmente o labrador ocupa a setima posição no rancking de inteligencia canina e  é utilizado como companhia, cao guia, cão terapeuta e cão farejador na policia!

COMPORTAMENTO

O labrador tem fama de cão destruidor e hiperativo por causa do filme!

De fato, ele tem uma energia quase infinita e um poder de destruição forte em sua mandibula, mas isso muitas vezes não é culpa do cão, ele se torna isso porque sem querer as pessoas adiquirem a raça sem pesquisar e não suprem suas necessidades básicas, não é um recomendado ter labrador em apartamentos por exemplo e nem deixa-lo horas sozinho sem atividades (algo que acontece com frequência), ele é um cão de companhia extremamente dependende que deseja ficar sempre junto com o dono, a privação disso pode gerar ansiedade de separação gravissima, destruição da casa, desespero quando os donos chegam, e diversos problemas de comportamento, se você pretende ter um labrador, não faça isso sem ter consciência que esse cão exige muito do seu dono, precisa de adestramento, de muito exercicio físico, atividades mentais, e companhia constante, se a casa fica sozinha, recomenda-se pelo menos ter outro cão para brincar com o labrador e lhe fazer companhia!

Uma caracteristica muito marcante do labrador é sua docilidade, ele se da bem com todo mundo, costuma ser muito sociável com outros cães e crianças, mas merece uma atenção especial para animais menores e principalmente aves já que ele as caçava, a raça tem um instinto de caça muito forte que surge sempre que algo menor esta em velocidade, como gatos correndo por exemplo, é totalmente possível o convívio harmonioso entre eles, mas a apresentação deve ser feita da melhor forma possível, se possível com um profissional!

SAÚDE

As doenças de transmissão hereditária mais comuns são:  Displasia Coxofemoral, Displasia de Cotovelo,  Atrofia Retiniana Progressiva e a Catarata.

Como o labrador adora agua, deve-se ter um cuidado especial com otite.

Uma outra preocupação que os donos devem ter, é com a obesidade, o labrador é um cão extremamente guloso que aparenta nunca estar saciado, não caia nessa ou seu cão virará uma bolinha, e uma vez obeso, terá outros problemas de saúde com certeza.

AONDE COMPRAR

Se você quer adiquirir um labrador, procure um canil registrado e responsavel, não compre em qualquer feirinha, nem pet shop, nem de donos que não tem conhecimento de genética, pois os riscos de doenças hereditárias e problemas de comportamento como agressividade são altíssimos, não financie o mercado negro de animais, nunca pegue um filhote sem conhecer pessoalmente os pais, conversar com o criador, conhecer a higiene do canil e ter laudos de saude comprovando a inexistência de displasia coxofemural!

Assista nosso video sobre o Labrador Retriever AQUI !! 

Escrito por Cão em Foco Educação Canina

 

Comentar
O comportamento do Pastor Alemão

O comportamento do Pastor Alemão

O Pastor Alemão é provavelmente a raça de cachorro mais famosa do mundo!

Muitas pessoas adimiram esse cão e desejam ter em suas casas, mas antes de adquirir um exemplar, é necessário conhecer e pesquisar bem a raça para ver se combina com sua familia, pois o pastor alemão é definitivamente um cão de trabalho e exige muito dos seus donos! 

COMO CRIAR:

Nunca se deve criar um pastor preso na guia, canil, ou sozinho num quintal enquanto os donos trabalham sem nenhum tipo de atividade, pois isso pode gerar muito tédio e ansiedade no cão e como consequência alguns problemas de comportamento podem aparecer, entao, se quiser um cão pastor, deve-se pensar nisso!

Uma coisa que não pode ser negligenciada pra essa raça são as atividades fisicas e mentais, esse cão precisa de exercicios, passeios, brincadeiras, treino, socialização, brinquedos interativos, e com certeza é um desperdicio ter um cão dessa raça e não aproveitar tudo que eles oferecem, não adestra-los é desperdiçar a capacidade desse cão que ocupa a terceira posição no rancking de inteligencia canina!

CARACTERISTICAS E UTILIZAÇÃO

hoje o pastor é utilizado como cão de guarda, cão farejador, cão de salvamento, cão guia, ajuda em resgate de pessoas feridas e também é um excelente guia de cegos, além de ser um companheiro insuperável.

Uma caracteristica é a docilidade com as crianças da casa, ele é conhecido como o cão babá, se acostumado com as crianças ele se torna um otimo companheiro e protetor!

Uma famosa caracteristica da raça é latir bastante, é um comportamento natural deles que pode ser estimulado pelo movimento e barulhos da rua, se por um lado pode incoomdar um pouco, do outro a presença do cão fica mais do que anunciada nas redondezas, lembre-se, o pastor é um ótimo cão de guarda e faz de tudo para manter longe qualquer invasor! 

Dentre os cães pastores mais parecidos com o pastor alemão existem: Pastor belga Tervuren, Pastor belga Groenendael, pastor belga Laekenois, pastor belga Malinois, pastor Holandês, Pastor Branco Suíço, pastor alemão preto!

SAUDE

Já sobre saude, o pastor alemão sofre muito com displazia coxofemural, é muito raro encontrar um cão dessa raça sem esse problema, alguns exemplares quando idosos podem descadeirar completamente ficando paraplégico, o que acaba dando muito trabalho e gasto pro tutor do cão, as formas mais eficientes de evitar esse problema é adquirir filhotes de canis com laudos comprovando a inexistência de displazia nos exemplares do canil, e, oferecer ao cão piso adequado em sua casa, escorregões nos quintais são inimigos de qualquer cão e pode desenvolver uma série de problemas nas articulações e quadris, o piso sempre deve ser anti derrapante!

 Nunca adquira filhotes de criação irregular, para evitar desvios de saúde e comportamento, como agressividade por exemplo!

Assista nosso video sobre essa raça AQUI!

Comentar
Convívio harmonioso entre gatos e crianças

Convívio harmonioso entre gatos e crianças

É POSSIVEL CRIAR UM GATO JUNTO COM CRIANÇAS? 

O maior receio dos pais sempre é o gato agredir os filhos, mas na verdade o cuidado deve ser ao contrario, ensinar e educar muito bem o filho a respeitar um animal que é mais sensivel que o cachorro, esse é um dos grandes benefícios e desafios desse convívio, ensinar a criança que há limites nessa relação e que ela não pode fazer tudo o que quiser com o gato, principalmente se for um gatinho filhote, a criança já cresce com limites e vai levar isso para a vida toda!

Numa regra geral, gatos não são agressivos a toa, pelo contrario, são animais amorosos, engraçados, estimulantes, curiosos, fofos, lindos, limpos e muito brincalhões, uma companhia e tanto para crianças!

Diferente dos cães, que são parceiros para brincadeiras, os gatos estimulam o outro lado das crianças, o lado mais calmo e amoroso, quando a criança ve um cão, ela quer brincar, quando ve um gato, quer cuidar e mimar!

Uma coisa muito importante para ensinar a seus filhos para uma convivencia harmoniosa, é sobre respeitar o espaço do gato, eles gostam de ter seu momento de sossego, e precisam dormir bastante por dia para se manterem equilibrados, disponha ao gato lugares que ele possa se esconder e ficar tranquilamente sem ser acordado pelas crianças!

E AS ALERGIAS?

Pode acontecer que uma criança demonstre alergia, mas,  na grande maioria dos casos não é o gato que causou a alergia. Inclusive, algumas pesquisas atuais defendem que o contato com animais desde cedo ajuda a que o próprio organismo se torne mais resistente criando anticorpos, mas caso seu filho já demonstre algum tipo de alergia, é muito importante levar em consideração a opinião do médico em ter ou não um animal.

E OS ARRANHADOS?

 Arranhoes e mordidinhas são normais em brincadeiras e defesa dos gatos, se acontecer, não repreenda ou bata no gato para não piorar seu comportamento, pelo contrario, demonstre calma pra criança, sorria e não se desespere, lave o local com água e sabão e aplique um antiseptico, se for mais profundo, cuidados medicos podem ser necessários! Mas há algumas atitudes suas que podem evitar os arranhados:

1-      Adote um gato adulto e tenha convivio com ele junto com seus filhos antes de leva-lo pra casa, geralmente gatos naduros brincam bem menos de arranhadas e mordidinhas.

2-      Ensine seu filho a interagir com o gato com respeito e mais calma.

3-      Corte a unha do gato sempre que possivel, somente a ponta como mostra nessa imagem, e, no inicio, a cada pata que vc cortar as unhas de petiscos deliciosos para o gato e faça bastante carinho, se você tiver medo de cortar a unha, vale a pena levar ao pet shop ou ao veterinário para fazer isso por você!

4-      Permita que o gato tenha lugar pra se esconder quando quiser socego!

Seguindo esses passos, o convívio entre seus filhos e um gato tem tudo para dar certo! Fizemos um video sobre esse assunto, veja AQUI!

Desejamos boa sorte para sua família! 

Fonte alergias: http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI5549-15331,00.html

Comentar
Melhores raças de cães para crianças

Melhores raças de cães para crianças

Artigo especial do Dia das Crianças, quais são as melhores raças para crianças!

Mas antes de começarmos queremos explicar que não é aconselhável deixar crianças pequenas sozinhas com cães, pois não só é perigoso se machucarem com as brincadeiras do cão, como vice e versa, podem machucar o cão com brincadeiras brutas, sempre aconselhamos a educar seus filhos sobre a maneira correta de lidar com o cão, e se possível adestrar os cães para brincarem mais educadamente.

Também aconselhamos para pensar bem antes de dar um cachorro de presente para seu filho, muitos cães que entram na família por essa situação acabam abandonados, pense bem se a família pode ter um cão e se seu filho realmente gosta ou é só ansiedade momentanea que é natural nessa época, não compre ou adote um cão sem ter certeza do que está fazendo, cães não são brinquedos descartaveis!  

Uma coisa importante a acrescentar, é que uma raça pode ser ótima com crianças, não significa que todos os exemplares dessa raça serão, cada cão antes de ser uma raça é um individuo unico, e não existe garantias de que todos se comportarão de um jeito específico, por isso é tão importante procurar canis que te deem um historico familiar e conheçam o temperamento dos filhotes antes de te entregarem! 

10- Buldogue Inglês ocupa a décima posição da nossa lista, isso porque é um cão ótimo para crianças, aguenta brincadeiras mais estupidas, é paciente e pode conviver bem com outros cães também, mas por causa do seu peso e focinho, ele não aguenta muito tempo de brincadeiras, e nem correr por horas no sol, se seu filho for mais calmo o Buldogue será uma otima companhia!!

9- O Pug é nosso queridinho do oitavo lugar, eles são engraçadinhos, tem energia e adoram brincar, são leves, e se dão muito bem com crianças, mas a dica é ensinar o filho a brincar corretamente com ele, pois é uma raça sensivel que pode sentir dor facilmente a uma brincadeira mais bruta da criança.

8- O Terra Nova é ótimo com as crianças apesar de ser gigante, aguenta brincadeiras mais brutas e tem energia pra brincar, o único porém dessa raça é que ele precisa de bastante espaço para se exercitar!

7-O Collie, uma raça rara e linda! O Collie é muito inteligente e tem bastante energia para aguentar o pique das crianças, é bastante tolerante e um otimo companheiro!

6- O Bull Terrier pode ser uma ótima escolha para quem tem pré-adolescentes, são raças fortes, bonitas, adoram brincar, suportam muito brincadeiras mais estupidas, tem energia e cuidam da casa, o cuidado maior fica para crianças menores, pois a raça é muito bruta e pode facilmente derrubar uma criança pequena!

5- O Pastor Alemão é uma raça que pode além de guardar sua casa, se dão muito bem com as crianças, costumam ser bem tolerantes as brincadeiras , são carinhosos e protetores, sendo uma boa escolha para famílias com crianças!

4- O labrador ocupa a quarta posição da nossa lista, é um cão feliz, com energia e força para aguentar o pique das crianças!

3- A terceira raça na nossa lista é o Golden retriever, grande, tolerante, e um pouco mais calmo que o labrador, esses cães se dão muito bem com crianças, e tem energia para brincar por bastante tempo!

2- O proximo da nossa lista é o lindo Beagle! o Beagle é uma raça ideal para crianças, não é grande e pesado, adora brincar e tem energia de sobra e aguenta bem as brincadeiras brutas das crianças! Ele só não é muito indicado para apartamento e nem para ficar sozinho o dia todo! Se for o caso, tenha outro cão para fazer companhia para esse peludo!

1 – Em primeiro lugar da nossa lista está o vira lata! Sim ele mesmo, o queridinho nacional! O vira lata alem de ter porte e fisico exclusivo, são muito simpaticos e brincalhões, atente-se apenas em não pegar um cão muito pequeno quando adulto, pois são sensiveis demais às brincadeiras das crianças, e verifique se o cão adotado é dócil com crianças, isso vai depender do temperamento do cão.

Fizemos um video bem lindo com todo carinho para vocês, assistam AQUI!

Comentar
O comportamento do Golden Retriever

O comportamento do Golden Retriever

HISTÓRIA

O Golden Retriever é uma raça canina originária da Grã-Bretanha, foi desenvolvida para a caça de aves aquáticas selvagens. Seu surgimento deu-se em meados do séc XIX, através de cruzamentos seletivos e elaborados por Lord Tweedmouth , que buscava um cão de médio porte que fosse hábil caçador, obediente, inteligente, calmo e fácil de treinar, o que levou ao uso de diversas raças, entre elas a extinta Tweed Water Spaniel, Terra Nova, Setter Irlandês e segundo alguns (não comprovado) Bloodhound.

 Como resultado dos esforços, nasceram quatro cadelas: Ada, Primrose, Crocus e Cowslip, sendo os descendentes desta última os principais ancestrais dos retrievers conhecidos hoje. Já difundidos, os padrões exigidos geraram duas variantes: uma para exposição e outra para o trabalho.

Lorde tweedmouth foi em seu tempo um grande entusiasta da caça em seu pais, ao qual, encontrou no Golden a união de várias qualidades de outras raças de cachorros, que através de cruzamentos sistematizados alcançou esta bela raça.

Ao longo dos anos outras linhagens foram desenvolvidas até que chegou-se ao Golden conhecido hoje.

 

O primeiro Golden chegado ao Brasil foi Patrick, que tinha o nome de registro: Eldorado of Gold Leaf, sua proprietária Sra. Yvette Tobião o comprou de um canil na Califórnia. A partir daí a raça começou a se introduzir no País por mais dois canis no Rio de Janeiro e, hoje, por todo o país. A raça foi reconhecida em 1911.

CARACTERÍSTICAS

A maior caracteristica fisica dessa raça é sua longa e sedosa pelagem dourada, variando entre escura e bem clarinha, sua extrema docilidade é reconhecida por todos e só aumenta a fama desse bebezão lindo e peludo, por isso, se sua intenção é ter um golden de guarda e proteção é melhor desistir dessa idéia porque é mais fácil o golden convidar o bandido pra entrar aos beijos e abraços!

Não podemos deixar de citar que a raça tem uma alta tendência para alergias e dermatites, se o seu cão apresentar qualquer alteração na pele e pelagem, leve-o constantemente ao veterinario para tratamento e manutenção.

Cuidado também com displazia coxofemural, alem de pedir laudo para o criador dos pais e avós comprovando que nenhum deles teve displazia, cuidado com pisos escorregadios, obesidade e falta de exercicios pois podem desenvolver e agravar muito o problema.

O nível de energia de um golden é alto e ele tem estrutura suficiente para ser um companheiro e tanto em atividades fisicas, adora e precisa tomar sol e correr, para donos atletas é o ideal.

COMO CUIDAR

Para fazer um Golden Retriever feliz não é muito dificil, basta ter umas bolinhas disponiveis, água, brinquedos para carregar na boca, não podemos esquecer que ter disposição para leva-lo para passear todos os dias, e socializa-lo com outros cães e crianças vai ajudar a manter seu cão mais tranquilo e equilibrado.

Para manter essa pelagem sempre linda, sedosa e sem nós, é necessário escovar no minimo duas vezes por semana e levar ao pet shop pelo menos duas vezes por mês! Sem contar a alimentação de alta qualidade, seja por ração ou alimentação natural, deve ser bem balanceada e na quantidade certa (nem mais nem menos) contendo todos os nutrientes que a raça necessita! Já sobre vitaminas, só posso alertar para que não use sem orientação veterinaria, pois a nutrição em excesso pode gerar graves problemas de saude ao inves de melhorar! Cuidado também com a obesidade, a raça é gulosa e se o dono não controlar o cão facilmente se torna obeso.

Se você mora em apartamento, você ainda pode ter o golden, ele é facilmente adaptável em apartamentos, ele adora e precisa estar junto com a familia, definitivamente não é um cão para ficar no quintal sozinho, mas você precisa estar ciente das necessidades dessa raça e supri-las, se você puder leva-lo para caminhar por no minimo 40 min pelo menos duas vezes por dia já ajuda muito para que ele fique bem, e disponibilizar brinquedos interativos para ocupar o tempo e estimular a mente durante o dia, não esquecendo do adestramento que é muito importante para uma raça energica e grande!

COMPORTAMENTO

Agora não podemos esquecer que ele é um cão que não gosta de ficar sozinho, seja no quintal ou dentro de casa, tem que tomar muito cuidado para não desenvolver ansiedade de separação, e explosões de alegrias alucinantes quando o dono chega, evite alimentar essa alegria pois pode se tornar um problema grave de comportamento, aonde o cão pode se auto mutilar por estar sozinho, se você trabalha durante o dia e puder ter outro cão, irá ajudar muito com essa dependencia de companhia do golden, ou pensar em deixar-lo numa creche!

Uma outra característica da raça é o nivel de inteligencia, esse cão se destaca no aprendizado, porém, costuma ser um cão teimoso e tende a ignorar o dono em algumas situações, essa é a parte dificil de lidar com um cão muito inteligente, ele sabe driblar o dono e conhece suas fraquezas muito bem, para controlar bem o golden, o dono tem que ter jogo de cintura e saber reforçar o bom comportamento muito bem!

Com outros animais o Golden se da bem, sabendo socializa-lo direitinho tudo da certo, mas, um cuidado especial para aves, a função original do golden era buscar aves para caçadores, é preferível que o acostume desde filhote!

O Golden Retriever é um otimo cão de trabalho,  na policia é um otimo farejador, encontra drogas, pessoas escondidas ou perdidas em resgates, também é um ótimo cão terapeuta, eles têm uma sensibilidade muito alta para lidar com pessoas carentes e doentes em hospitais, clinicas, também atuam como cão guia e em tratamentos de pessoas com deficiências físicas e intelectuais (como no auxilio à portadores da Síndrome de Down).

CUIDADO COM O MERCADO NEGRO DE FILHOTES!

Cães populares e disputados sofrem quando caem em mãos erradas, as pessoas acabam adquirindo o filhote sem conhecer o temperamento da raça e suas necessidades básicas, procriam os cães sem  nenhum conhecimento e controle de padrão e comportamento, gerando cães com desvios e muitas vezes doentes, se decidir ter um golden, procure um canil especializado na raça, conheça seu pais e peça laudos de saude, para não ter uma surpresa desagradavel!

Não raramente surgem casos de goldens agressivos em algumas situações especificas, mas principalmente com possessividades a objetos, e isso geralmente é consequência dessa procriação sem controle, não adquira filhotes de pessoas que não tem conhecimento sobre genetica e procriam só pelo dinheiro, cuidado com feiras e pet shops, antes de comprar um filhote você precisa conhecer os pais, saber o comportamento, a saude, verificar se o cão realmente é puro, comprar um filhote de um canil idoneo pode custar mais caro, mas custara bem mais barato do que um filhote com displasia coxofemural e agressivo!

NÃO FINANCIE ESSE MERCADO NEGRO DE FILHOTES!!!

TEMOS UM VÍDEO SOBRE ESSA RAÇA COM FOTOS E VIDEOS DOS NOSSOS ALUNOS AQUI!

Comentar
O comportamento do Bull Terrier

O comportamento do Bull Terrier

Cão brincalhão e bruto por natureza, o Bull Terrier é considerado uma raça de beleza exótica de porte físico elegante e ao mesmo tempo extremamente musculoso, qualidades que atraem muitos admiradores da raça pelo mundo!

HISTÓRIA DA RAÇA

O Bull Terrier inglês é uma raça cuja história está atrelada aos combates de cães na Inglaterra. No século XIX os antigos Buldogues utilizados em combates contra touros(prática chamada Bull-baiting). Uma vez implementada a lei que proibia as lutas de animais em 1835, iniciaram-se, clandestinamente, as lutas apenas entre cães. Como os buldogues mordiam e sufocavam até o término do combate mas careciam de rapidez e agilidade, os mais aficionados por este "esporte" começaram a cruzá-los com cães mais ágeis e valentes, os terriersingleses (English white terrier, Manchester Terrier), caçadores de lobos e raposas. Sob o nome de Bull-and-Terrier, surgiram os primeiros exemplares do que viria a ser quatro novas raças(Staffbull, Pitbull, Irish Staffie), dentre elas o Bull terrier inglês. Na década de 1860 o criador James Hinks, cruzou o bull-and-terrier com Dálmata e English White Terrier, aumentando a porcentagem deste terrier procurando estabelecer a cor branca, e apresentou o resultado em uma exposição canina, conquistando admiradores. Posteriormente, Hinks passou a introduzir o Whippet e o Pointer Espanhol, para agregar elegância, e o Collie e o Borzoi para modificar a cabeça. Logo o novo cão produzido e chamado de Bull terrier inglês popularizou-se por sua aparência chamativa, com a característica cabeça oval com olhos triangulares. E servia de companhia dos ingleses de classe média, até o salão dos nobres. A raça foi registrada pela primeira vez em 1887 pelo Bull Terrier Club. 

CARACTERÍSTICAS E COMPORTAMENTO

A caracteristica mais marcante dessa raça é o formato de sua cabeça, esse cão não tem stop marcado como outras raças de cães, e seus olhos são pequenos e levemente puxados, o que é considerado um charme, mas pode limitar o campo de visão do cão, o que explica o fato dele esbarrar constantemente em móveis, paredes e pessoas!

O padrão comportamental do Bull Terrier é corajoso, cheio de energia e com atitude amável e divertida, temperamento equilibrado, amigável com as pessoas e mais territorialista com outros cães, deve ser socializado e adestrado desde cedo, pois a raça é consideravelmente teimosa, tem personalidade forte e não gosta de obedecer ordens constantemente, o adestramento é muito importante para essa raça, pois tem um alto nível de energia, e necessita de atividades fisicas e mentais diariamente para se manter equilibrado e mais controlado, não é muito indicado para pessoas que nunca tiveram um cão, pessoas mais sedentárias que não tem tempo ou disposição para longas caminhadas, e nem para ambientes muito pequenos caso a pessoa não possa sair no minimo duas vezes por dia.

O poder de destruição do Bull Terrier é muito alto, suas mandibulas são muito fortes, seu corpo musculoso aliado com sua teimosia natural, pode ser altamente destrutivo em sua casa caso ele seja negligenciado na sua criação e educação, por isso pense bem em tudo o que a raça exige e se realmente está preparado para criar um exemplar com plena saúde física e mental !

Em contrapartida, a raça tende a ser muito divertida, muito amorosa, adora crianças e são bem tolerantes com brincadeiras brutas, mas o convívio deve ser supervisionado de perto por causa da brutalidade do bull ao brincar, facilmente derruba uma criança ao esbarrar nela.

É um cão muito usado para guarda do território, função que exerce muito bem pela sua territorialidade natural.

Com outros animais o bull deve ser acostumado desde cedo, e o convivio deve ser supervisionado principalmente na adolescencia pela brutalidade da raça!

AONDE COMPRAR?

Evite adquirir a raça de pet shops e criadores sem experiência e conhecimento, a falta de controle na criação, gera cães fora do padrão, com desvios comportamentais como agressividade e medo excessivo, e problemas graves de saúde, como surdez, sarna demodécica que não tem cura e é passado de mãe pra filhote, displazia entre outros problemas, seja consciente e procure um canil especializado na raça, peça laudos de saúde dos pais, conheça os cães do canil, conheça o temperamento dos pais e avós no convivio e conversa com os criadores e veja os cuidados com higiene do local, pode custar mais caro na hora da compra, mas com certeza sairá mais barato ter um cão saudavel , economizar na hora da compra, pode trazer graves prejuizos no veterinario depois com medicamentos e cirurgia carissimos, e o risco de lidar com um cão com desvio comportamental agressivo que pode ferir gravemente uma pessoa.

Assista um vídeo sobre o Bull Terrier no nosso canal AQUI!  

Comentar
Benefícios do adestramento de cães

Benefícios do adestramento de cães

O adestramento de cães só traz benefícios à família, longe da idéia que transforma os cães em robôs, o adestramento de cães apenas os torna educados e aptos a conviver em sociedade ! Segue algumas vantagens do adestramento :

-CONHECIMENTO: O adestrador vai te ajudar a entender melhor o cão e vice e versa, isso aumentará o conhecimento entre ambos e melhorará muito a convivência de vocês por saberem se comunicar!

-INTERAÇÃO: Cães são animais sociáveis que adoram interagir com os seres humanos, o adestramento positivo promove uma interação muito alta, o cão passa a prestar atenção no que agrada seu dono e passa a executar com mais frequência, e o dono passa a prestar mais atenção e se sentir motivado a treinar e passar mais tempo com o cão ! 

-SEGURANÇA: A partir do momento que, seu cão está educado, a segurança dele, do proprietário e de terceiros, estará muito mais garantida, um cão de guarda que sabe a hora certa de agir, não morderá ninguém a toa, um cão hiperativo que sabe que não pode fugir do portão não será atropelado ou perdido, um cão que sabe passear na rua, não arrastará seu filho sem controle, não oferecerá riscos a ele mesmo, ao dono e as pessoas que estão próximos a ele! 

-INTELIGÊNCIA: Utilizando o clicker, o cão aprenderá a pensar, começará a resolver problemas por si só, quando interagir com você, será menos impulsivo, pensará no que lhe agrada para ser premiado, e escolherá com inteligencia o que fazer!

-DIVERSÃO: Sim, diversão! No adestramento atual e moderno, adestrar cães não é mais uma imposição, e sim uma diversão, o animal aprende brincando e se divertindo, o rabo sempre balançando, e demonstrações de alegria! Pra um dono envolvido com seu cão, essa é a melhor parte! 

-DISCIPLINA: Tanto pro cão, como para os donos, adestramento exige disciplina por parte do treinador, e quando os donos começam a participar dos treinos também precisam ser diciplinados e manter uma rotina de treinos, isso além de melhorar o comportamento do cão, pode estimular o dono a ser mais diciplinado em outras areas da vida!

-LIBERDADE: Cães adestrados são extremamente felizes e livres, a grande maioria conseguem permanecer dentro da casa com a família por se comportarem bem, aproveitam de passeios mais livres, podem ter a interação com outros seres humanos e cães, tem uma rotina de interação e treino com seus donos, brincam muito mais, podem ir a eventos, casa de amigos, familiares e copnvivem muito bem em sociedade!

Assista nosso vídeo sobre esse assunto AQUI!

Essa foto foi cedida pela empresa kaPhotosPet, veja em nossos parceiros!
Comentar
Faça você mesmo uma caminha para seu cão!

Faça você mesmo uma caminha para seu cão!

Que tal aproveitar um colchao que está esquecido ai na casa de vocês para fazer nada mais nada menos do que 12 caminhas para cães de uma forma muito fácil e rapida ?

Além de economizar caso seu cão destrua, ainda poderá fazer para doação para cães abandonados e ongs que precisam tanto de ajuda!!

Então vamos lá!

MATERIAIS:

- 1 colchão usado de espuma

- Tessoura

- Estilete

-12 porta travesseiros (paguei 7 reais em cada um no centro da cidade!)

PASSO A PASSO:

- Desencape o colchão abrindo a lateral com a tessoura e puxando a capa;

- Corte o colchão no meio da altura (e não do comprimento)com o estilete.

- Divida cada lado em 6, utilizando o tamanho do porta travesseiro que você vai utilizar, lembrando que devera cortar 1 a 2 cm para dentro da capa pois a grossura do colchao pode impedir de coloca-lo dentro do porta travesseiro.

- Corte com estilete cada colchãozinho;

- Coloque as espumas dentro do porta travesseiro!

Está pronto, ai você pode utilizar a sua criatividade para decorar a capa!

Veja o video ensinando o passo a passo AQUI !

Comentar
Como escolher um cachorro? parte II e III

Como escolher um cachorro? parte II e III

Esse artigo é a continuação desse AQUI

Como eu já expliquei no artigo anterior, a beleza não pode ser fator determinante para que você escolha seu cachorro (embora isso seja muito dificil de seguir!), isso vale para cães de raça ou sem raça, comprados ou adotados!

Quando o cão é de raça tem uma facilidade maior por já haver um padrão comportamental esperado que pode ser avaliado antes de ter o cão, e se você for adotar, procure conhece-lo bem e aos seus pais tambem se for possível, saber quais raças que cruzaram e passar um tempo juntos antes de tomar a decisão pode te ajudar a entender melhor o cão que você quer adotar!

A primeira coisa é listar o perfil da sua família, conversando todos juntos para respeitar todas as opiniões, façam as seguintes perguntas:

-Vocês ficam o dia todo fora de casa?

-Tem crianças ou idosos?

-Tem tempo pra passear todos os dias?

-São mais ativos ou mais sedentarios?

-Todos concordam em ter um cão de porte grande ou pequeno?

-Alguém da casa é esportista e quer um cão assim?

-O cão ficara dentro ou fora de casa?

-Moram num apto ou casa?

-Já tem outros animais?

-Já dividiram os gastos do cão entre si e as tarefas?

-Vão adestra-lo?

-Quantos membros da casa irão ajudar a cuidar do cão?

-Já calcularam mais ou menos qual será o gasto médio mensal desse cão?

Quando vocês responderem essas e outras perguntas do tipo, conseguirão ter mais clareza de qual tipo de cachorro irão pegar, agir no impulso nunca é uma boa idéia e geralmente da muitas dores de cabeça no futuro!

Video sobre esse assunto AQUI

Alguns exemplos para te inspirar:

-Se vocês passam o dia fora, não tem crianças e idosos, moram num apto e não são muito ativos, precisam focar a busca em cães mais independentes e calmos, como o basset hound e o buldogue inglês!

-Mas se você é esportista, quer um cão que aguente bastante exercicio, tem quintal e sua familia gosta de cães de porte, pode se arriscar em um pit bull, pointer, pastor alemão, husky entre outras raças esportistas..

-Mas de repente na sua familia tem um idoso que nitidamente não aguentaria as brincadeiras estupidas de um cão com essa energia, você pode preparar um canil proprio pro cão e adestra-lo, ou escolher um cão menor energico como o fox paulistinha, whippet entre outros mini atletas!

-Tudo isso também vale para um cão que será adotado mesmo sem ter uma raça especifica ou ser mestiço, quando passar um tempo com esse cão, você deve testar esse perfil nas situações que você vai viver com esse cão, veja como ele se comporta com o idoso ou criança da sua casa, se ele é calmo no seu apto, se ele aguenta correr com você e te acompanhar! A unica exceção é com os filhotes, não da pra saber como eles serão quando adultos sem conhecer os pais, ai, uma dose de sorte vai bem, porém  a educação/adestramento vai determinar como esse cão vai ser com vocês futuramente!

Ao traçar esse perfil você já estará no meio do caminho para a escolha perfeita!

Vídeo sobre esse assunto AQUI !

Comentar
Faça você mesmo um bebedouro de água corrente

Faça você mesmo um bebedouro de água corrente

Gatos costumam ser muito exigentes e chatinhos para tomar água, porém, adoram água corrente! Eu perdi um gato muito amado com insuficiência renal que é uma doença relacionada ao baixo consumo de água, sofremos muito com a doença e perda desse amadinho e com nossa nova gatinha resolvemos diminuir as chances disso acontecer novamente, criei um bebedouro de água corrente para a Safira (gatinha da foto), e ela amou de coração e bebe água sempre que pode! Que tal aprender comigo a tornar a vida do seu gatinho mais saudavel?

 

VOCÊ VAI PRECISAR DE:

-POTINHO- De preferência de cerâmica (por manter a água mais fresca) ou alumínio (não acumula bactérias com o tempo além da facilidade de limpeza), deve ser um pote fundo o suficiente para cobrir a bombinha de água.

-BOMBINHA PARA AQUÁRIO - Com ou sem filtragem, (pois a água deve ser sempre trocada sempre independente de ter filtragem) e deve ser pequena com ventosas.

-ÁGUA SUFICIENTE - Para cobrir totalmente a bombinha, pois a mesma queima se não estiver submersa!

PASSO A PASSO:

Após lavar muito bem o pote e a bombinha, grude a mesma no fundo do pote, encha de água até cobrir toda a bombinha, ligue a mesma na tomada, (regule a pressão da água) deixe a bombinha funcionar por um tempo sem dar aos gatos, jogue essa água fora, encha novamente, ligue a bombinha e dê para seus gatos beberem!


SIMPLES E RÁPIDO!!


-Se possível faça mais de uma fonte para disponibilizar aos gatos e estimula-los a beberem mais água!

-Coloque os bebedouros em cômodos que o som da água lhe agradem e relaxem.

-Se possivel coloque em locais mais altos, eles amam.

-Limpe o bebedouro constantemente!

 

Temos um video mostrando esse passo a passo, confira AQUI ! 

 

Comentar
5 principais erros dos proprietários de cães!

5 principais erros dos proprietários de cães!

Você sabia que diariamente nós humanos cometemos diversos erros na criação de um cão e que isso pode gerar muitos problemas futuros? É muito engraçado porque algumas ações que tomamos acaba ensinando e reforçando comportamentos que não queremos, gerando consequencias leves a graves no comportamento do nosso peludo! Depois o culpamos por seus comportamentos e alguns acabam abandonados/ maltratados ou doados por se comportarem da forma que nós mesmos ensinamos! Contraditorio né?

E quais são esses erros? Nesse artigo vamos abordar os 5 mais principais:

1-      Incentivar pulos em filhotes

Quem ai não fica apaixonado ao ver um filhotinho fofo carente implorando atenção pulando em suas pernas? Realmente é uma cena dificil de resistir e sem dúvidas é a melhor fase e mais gostosinha da vida de um cachorro, mas, filhotes crescem e alguns deles se tornam enormes e persistentes! Quando você olhar aquele filhotinho fofo lembre-se que ele pulará em você com as patas limpas ou sujas, te derrubando ou nao, sendo você, sua mãe, sua vó ou seu filho de 4 anos!

O melhor que vocês podem fazer é não dar atenção até que ele pare de pular e permaneça no chão, ai o carinho está liberado! Logo ele permanecerá no chão para ganhar atenção !

2-      Incentivar mordidas com brincadeiras

Sem duvida nenhuma, uma das maiores reclamações dos donos sobre filhotes são as brincadeiras estúpidas com mordidas, filhotes brincam assim naturalmente e se forem incentivados isso pode virar um vício difícil de tirar por uma grande parte da vida do cachorro, e se com 2 meses as mordidas não são tão evidentes, com 6 meses o cão pode estar te deixando marcado, roxo, rasgando suas roupas, e dependendo do tamanho e porte do animal, usará as mordidas como meio principal para brincar, podendo piorar quando você tentar corrigi-lo, alguns cães chegam a pular para puxar os cabelos para chamar atenção das pessoas. Então procure nunca incentivar as mordidas, se não forem reforçada em brincadeiras elas logo sumirão do comportamento do cão!

3-      Bater

O que acontece quando alguem vem e nos dá um tapa na cara por qualquer motivo que seja?  Você confiaria nessa pessoa novamente? Se não achamos isso certo porque precisamos bater nos cães para tentar corrigi-los? Agredir o cão gera medo, defesa, desconfiança, ansiedade, confusão, estresse e consequentemente diversos problemas comportamentais!  Não bata no seu cão, isso não funciona, comece a criar estratégias para educa-lo corretamente, e se não consegue, chame um professional, porque o barato pode sair caro! E bater não é a solução, e só confunde o cachorro!

4-      Corrigir sem pegar no flagra

Esse é um erro muito comum que não ensina nada pro cão e só desgasta a familia! O cão só entenderá uma correção ou um elogio se ele for feito no ato do comportamento, pois cães não tem senso do que é certo ou errado do mundo humano, cães só se comportam de acordo com os seus intinstos, e se não forem educados corretamente nunca aprenderão a se comportar! Pense bem, é justo agredir o cão por algo que ele nem sabe que é errado?

Se todos os dias que seu cão fica esperando você chegar ele se sentir entediado e rasgar alguma coisa, quando você chegar ele nunca vai entender que a bronca que está levando é referente ao que ele rasgou, criando uma enorme confusão na cabeça do cão, no dia seguinte ele poderá se esconder quando você chegar, mas não porque sabe que fez algo errado, mas porque você chegou e vai agredi-lo supostamente sem motivo! Se você não pegar seu cão aprontando algo no flagra, não perca seu tempo e suas emoções se irritando com ele ou descontando estresses do dia nele, não vai resolver!

5-      Humanizar o cão!

Quando se fala em humanização logo se imagina aqueles cães com roupas estravagantes, unhas pintadas, que ficam no colo 24 horas por dia e são mimados como crianças, claro, isso também se enquadra nesse tópico, mas, vou me aprofundar um pouco mais: Humanizar o cão também é interpreta-lo como se fosse humano, e isso, quase todos nós fazemos!

Uma grande dificuldade que nós humanos temos é em nos colocar no lugar de outras espécies, nós interpretamos elas como se fossem outros humanos, como se pensassem como nós, falamos com elas como se falassem nossa lingua, e, nos frustramos enormemente quando elas não nos respondem como nós queremos, nós acabamos sendo injustos quando exigimos que um cão se comporte como um humano.

Mas o mais estranho nisso tudo é a contradição, quem nunca ai disse que ama mais os animais do que a humanos? Nós nos cercamos de animais em volta justamente porque não são humanos, e precisamos entender suas limitações, saber que eles precisam que a gente compreenda melhor suas necessidades, e que precisamos permitir que um cão seja o que nasceu pra ser: um cachorro! E ser um cachorro é: correr sem parar, brincar com outros cães, babar, chacoalhar depois de um banho, brincar de morder, temos que entender e aceitar que o cão LATE e late alto, temos que achar graça de algumas situações e não apenas arrancar os cabelos porque ele roeu um chinelo, ou porque encheu sua casa de pelos, temos que permitir que eles roam ossos, e que as vezes numa empolgação derrube uma cadeira, e que com o abanar da cauda quebre algum vaso, não faz sentido brigarmos com eles por coisas que eles não tem controle, eles nunca serão humanos e é por isso que os amamos!

Não quero dizer que devemos deixar eles se comportarem como quiserem, mas que não faz sentido a gente se irritar com essas coisas, se queremos ter um cão, temos que saber educa-los com justiça, sabendo que eles não são humanoides de 4 patas!

Conheça nosso serviço de adestramento AQUI !

Assista nosso vídeo explicando esse tema AQUI !

Comentar
Marcação de território dos gatos - Como lidar?

Marcação de território dos gatos - Como lidar?

Seu gatinho está errando o lugar do banheirinho? Gatos são animais extremamente higiênicos e asseados, quando começam a recusar a caixinha de areia é porque algo está errado! Vamos tentar ajudar a descobrir o problema!

-Verifique o local que você escolheu para por a caixinha, gatos preferem locais mais isolados e tranquilos, evite colocar a comida e a cama dele proximo da caixa, ele poderá recusar o local e escolher outro;

-Evite lavar a caixinha com produtos fortes e muito perfumados, isso pode afastar o gato, use agua e sabão neutro;

-Embora seja raro gatos que marcam territorio como cães, as vezes pode acontecer numa alteração hormonal, troca de endereço, cheiro de outros gatos ou de gata no ciu, para evitar esse comportamento procure castrar seu gato para diminuir o territorialismo;

-Disponha para seu gato duas caixinhas de areia, juntas ou separadas se sua casa for grande, isso diminuirá o risco dele errar, e se tiver mais de um gato, o numero de caixas deve ser compatível ao numero de gatos contendo uma extra. Se não for possível, coloque o máximo de caixinhas que conseguir;

-Use marcas de areia que realmente absorvam a urina e permanecem secas e sem cheiro, veja também se o motivo da rejeição do gato não é a textura das pedras nas patas, troque por uma areia fina que é praticamente mais aceita por eles;

-Limpe diariamente a caixinha, gatos odeiam sujeira e sequer pisam na areia quando está suja.

-Se ver seu gato raspando uma superficie imprópria, com calma e sem brigar, pegue-o e leve-o no lugar certo, e recompense o acerto, brinque com ele e mostre que gostou bastante!

-Se chegar em casa e encontrar as fezes no lugar errado ou pegar ele fazendo no flagra, NÃO brigue ou bata nele, não adianta e você vai ensina-lo a se esconder de você para fazer, o que trará coco em cima do guarda roupa, urina nas suas roupas e ninguém quer que isso aconteça... Se acontecer a culpa será sua! Apenas ignore e ensine com paciencia!

Temos um vídeo falando sobre esse assunto, veja AQUI !

Comentar
Como escolher um cachorro?

Como escolher um cachorro?

A tendência natural do ser humano é escolher sempre um cão pela estética e quase sempre por impulso. Quando olhamos filhotes em feiras nos apaixonamos por aqueles peludinhos lindos, e não pensamos da onde eles vieram, e como serão no futuro, isso pode gerar muito sofrimento na familia caso essa escolha não seja compatível com os habitos familiares!

Antes de decidir ter um cão, vale a pena listar e fazer um levantamento familiar sobre as questões abaixo:

-Tamanho;

-Padrão comportamental da raça (ou das provaveis raças escolhidas);

-Gastos com alimentação, produtos e brinquedos, grooming (banhos, tosas, higiene) saúde e adestramento;

-Tempo para brincar, passear todos os dias, educar;

-Comportamento atual caso o cão for adulto e você vá adotar;

-Objetivo para se ter um cão.

 Cães com raças especificas costumam ter padrões de comportamentos diferentes e características únicas, que podem combinar com sua familia ou simplesmente acabar com a tranquilidade de vocês, pensando que um cão vive em média 10 anos, essa escolha pode custar muito caro!

Ao listar as raças escolhidas, liste agora para cada uma delas as características boas e ruins, pode ser dificil achar as características ruins, pois em terra de marketing, quem fala a verdade quase não existe rss, mas não desista, converse com pessoas que tenham o cão, vá em encontros das raças, pergunte em grupos do facebook (sempre tem gente verdadeira por lá), se você for leitor procure livros sobre a raça e se informe, se sentir duvidas ainda, não perca tempo em contratar um adestrador comportamental para fazer uma consultoria dessa, não é hora de economizar, lembre-se, serão no minimo 10 anos de convivência com um cão perfeito ou um problema enorme que vai atingir o emocional e a vida da familia! Ter um cão é coisa séria, eles não são descartáveis! O adestrador vai abrir a sua visão após conhecer a sua rotina e o seu estilo de vida, irá te indicar as melhores raças para escolher (sim no plural) e ainda poderá ir com você no canil escolher o filhote ideal! Falaremos sobre isso em breve!

Se você for adotar um cão já adulto, converse com a proprietária sobre a sua rotina, conheça bem o cão antes, leve-o pra passear, brinque com ele, já o leve em parques para saber qual o nivel de socialização, e já anote os traumas e problemas comportamentais (que quase todos os cães abandonados que sofreram maus tratos têm), já pesquise e veja como resolver antes que vire rotina e se torne cada vez mais dificil reabilitar esse cão, mais uma vez o adestramento entra em cena, se você não puder arcar com o adestramento mensal, a consultoria pode te ajudar muito, pois é só uma vez, o profissional te orientará e você vai ter uma base para melhorar o cão!

Conheça nosso serviço de consultorias e adestramento aqui

Veja o vídeo no you tube falando sobre esse assunto aqui

Escrito por Cão em Foco Educação Canina

Comentar
PORQUE DEVO ADESTRAR MEU CÃO?

PORQUE DEVO ADESTRAR MEU CÃO?

O adestramento de cães só traz benefícios à família, longe da idéia que transforma os cães em robôs, o adestramento de cães apenas os torna educados e aptos a conviver em sociedade ! Segue algumas vantagens do adestramento POSITIVO:

-INTERAÇÃO:Cães são animais inteligentes e que adoram interagir com os seres humanos, o adestramento positivo promove uma interação muito alta, o cão passa a pensar e prestar atenção no que agrada seu dono e passa a executar com mais frequência ! 

-SEGURANÇA: A partir do momento que, seu cão está educado, a segurança dele, do proprietário e de terceiros, estará muito mais garantida, um cão de guarda que sabe a hora certa de agir, não morderá ninguém, um cão hiperativo que sabe que não pode fugir do portão, não será atropelado ou perdido, um cão que sabe passear na rua, não arrastará seu filho pelas ruas sem controle! 

-INTELIGÊNCIA: O cão aprenderá a pensar, começará a resolver problemas por si só, quando interagir com você, será menos impulsivo e mais inteligente e calmo !

-DIVERSÃO: Sim, diversão, no adestramento atual e moderno, adestrar cães não é mais uma imposição, e sim uma diversão, o animal aprende brincando e se divertindo, o rabo sempre balançando, e demonstrações de alegria! Pra um dono envolvido com seu cão, essa é a melhor parte! 

-DISCIPLINA: Tanto pro cão, como para os donos, adestramento exige disciplina por parte do treinador, e quando os donos começam a participar dos treinos, eles precisam dessa disciplina, e o cão aprende a disciplina ensinada!

-LIBERDADE: Cães adestrados são extremamente felizes e livres, a grande maioria conseguem permanecer dentro da casa com a família por se comportarem bem, usufluem de mais passeios, tem a interação com outros seres humanos e cães, brincam mais, ficam mai tranquilos, levam menos broncas e castigos, não vivem acorrentados e, seus donos os entendem melhor e se comunicam com mais clareza! 

Essas são algumas vantagens do adestramento positivo! 

Boa sorte com os peludos!

Ana Luisa Campos 
Comportamentalista
Cão Em Foco - Educação Canina

Comentar
RISCOS DE FUMAR PERTO DO CÃO

RISCOS DE FUMAR PERTO DO CÃO

Todos sabemos como o cigarro faz muito mal à saúde ! Mas será que percebemos, como ele faz mal a quem está ao nosso redor?

Nossos pets se tornam fumantes passivos, principalmente cães de companhia que ficam muito tempo perto dos donos! Quanto mais cigarros fumamos por dia, mais aumentamos a chance deles desenvolverem doenças graves, e se mais de uma pessoa na casa fuma, essa chance aumenta consideravelmente! Confira os problemas que seu cãozinho pode ter: 

-Os cachorros que vivem com fumantes têm muito mais chances de contrair câncer pulmonar, e este risco é ainda maior para os cães com focinho chato ou médio, pois as substâncias cancerígenas tendem a ficar grudadas nos seus condutos nasais.

- Em cadelas gestantes, a ingestão das toxinas do cigarro poderá ocasionar partos prematuros e nascimento de cães com peso muito abaixo do normal.

-Doenças respiratórias: rinite, traqueíte (inflamação na traqueia), asma e bronquite são as mais comuns, mas podem ser doenças mais graves,como o câncer do trato respiratório. Os principais sintomas são tosses e espirros frequentes. 

-"Doenças de pele, coça-coça, queda excessiva de pelo e feridas no corpo, pode ser um indício de alergia à fumaça”.

A ausência de sintomas pode ser um sinal de que seu cão está bem, mas é preciso realizar exames frequentes SEMPRE. Vale levá-lo a visitas periódicas ao veterinário e a cada seis meses (para os mais jovens) ou no período de um ano (para os mais velhos)! 

É imprescindível realizar um check-up completo. Não espere que ele fique doente para tomar alguma atitude!! 

É fundamental não fumar dentro de casa ou perto dos animais!! Não é justo eles sofrerem por nossa causa! 

Boa Sorte com a saúde dos peludos!!

Ana Luisa Campos 
Comportamentalista 
Cão em Foco - Educação Canina

Comentar
COMO TREINAR UM CÃO COM DEFICIÊNCIA AUDITIVA?

COMO TREINAR UM CÃO COM DEFICIÊNCIA AUDITIVA?

Muita gente se pergunta se é possível adestrar um cão surdo! Sim, não só é possível como é necessário para um bom convívio! 
Hoje em dia o adestramento está em constante evolução, existem inúmeros estudos, equipamentos, métodos, e conhecimento para educação canina, então se seu cão tem deficiência auditiva, não é impedimento para que ele seja educado e feliz! 

ENTÃO, COMO FAZ?

Primeiramente o adestrador deve ter conhecimentos de treinamento positivo, o cão deve ser treinado com recompensas sempre! Então sempre saiba o método de trabalho do profissional e se esse trabalho será feito na sua presença!
Os equipamentos mais usados são:

LUZ: 
Pode ser usada como marcador de comportamento, ou como comando, luz de laser usado para indicar o lugar q vc quer que o cão vá, para vir aqui, para buscar algum objeto! A luz de lanterna pode ser usada no lugar do clicker como marcador de acertos associada com petiscos, como correção (NÃO), tbm como comando. Tudo depende da criatividade do treinador!

COLAR QUE VIBRA:
Pode-se usar o colar que vibra quando o cão está solto num parque brincando com outros cães, ao acionar o colar, o cão volta para o dono! 

GUIA:
Usada para ensinar algumas limitações ao cão, como lugares que ele não poderá subir!

E COMO ELE IRÁ ME OBEDECER NOS COMANDOS DE OBEDIÊNCIA?

Seu cão aprenderá a ler seus comandos gestuais para comandos de obediência e/ou show dog, e bloqueios corporais para impedir uma ação, como ensinar que ele não deve passar por uma porta por exemplo! Os equipamentos serão usados de acordo com as necessidades do proprietário!

E SE ELE PARAR DE OBEDECER?

Bom, é estritamente necessário que os proprietários participem das aulas e, mantenham o treinamento SEMPRE para que não haja falhas! Então procure sempre treinar e motivar seu cão após o término do trabalho. Premie e brinque com ele quando te obedecer, para que ele não perca o gosto de ser obediente! 

Agora que você sabe a facilidade que é treinar um cão com deficiência auditiva, passe esse artigo para frente, fazendo isso você poderá ajudar muita gente que tenha um cão com esse problema e sofre porque não sabe se comunicar com o mesmo!

Boa sorte sempre com os peludos!

Ana Luisa Campos 
Comportamentalista
Cão em Foco – Educação Canina

Comentar
MANEIRA CORRETA DE SE SEGURAR UM CÃO

MANEIRA CORRETA DE SE SEGURAR UM CÃO

Você pega seu cão no colo? Cuidado para não machuca-lo, faça-o sempre da forma correta!!

NUNCA segure um cão pelo abdômen, machuca, dói, é extremamente desagradável ! 


GRANDE PORTE - passar os braços pelas costas das coxas e pela parte da frente do tórax, erguer o animal ! (lembre-se que sua postura é importante para que não se machuque ao erguer um animal mais pesado, sempre agache e levante o cão com a coluna reta!) 

PEQUENO PORTE - passar as mãos pelo tórax do cão, e dar apoio às pernas ! segurando-o de costas pra você ! se segurar de frente, nunca esqueça de proteger as pernas do animal dando esse apoio !

 

Ana Luisa Campos

Comportamentalista

Cão em Foco - Educação Canina

Comentar
Filhote mandão, o que fazer?

Filhote mandão, o que fazer?

Seu filhote manda em sua casa? Late quando leva bronca? Rosna se chega perto da ração? É pirracento e não gosta de ser corrigido? 

Dica completa
COMO CORRIGIR SEU CÃO CORRETAMENTE!?

COMO CORRIGIR SEU CÃO CORRETAMENTE!?

Um dos maiores erros que os proprietários cometem, é na hora de corrigir o cão, e com isso, agravam os problemas porque o cão entende como atenção (reforço).. 

Dica completa
Ansiedade de separação

Ansiedade de separação

Ganhou ou adquiriu um filhote de cão ou gato? Saiba como evitar que seu filhote tenha ansiedade de separação seguindo algumas dicas básicas!

Dica completa